Google+ Followers

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

DEMOCRACIA



     Considerando que a democracia é constituída pela "divergência de pensamentos", torna-se de primordial importância "o respeito pela opinião alheia".

     Concordar ou discordar da ideia de alguém é um direito de todos. Mas este direito implica no dever de respeitar o próximo porque ninguém é detentor da verdade. 

     Cada um tem seu próprio ponto de vista e suas razões.
Difícil é discutir serenamente com quem pensa e age diferentemente...

     Ouvir o outro com respeito torna-se o segredo de tudo.

     Se, na nossa casa, entre pais, irmãos e demais membros, existe a dificuldade de ouvir e respeitar a opinião uns dos outros, imaginemos como deve ser a tarefa de preservá-la em um País do tamanho do Brasil...

     Quanta disciplina e jogo de cintura está sendo necessária por parte da Presidenta Dilma Rousseff e demais autoridades diante das manifestações populares estourando pelo País!

     O povo tem que exigir. Não há outra saída. Não é possível ser recebido pelos políticos em quem se votou para fazer as reivindicações desejadas e necessárias.

     Pena que políticos de outras facções se aproveitem da situação e queiram levar vantagem... Ou, quem sabe, estejam até manipulando as multidões!

     Já experimentei situação assim. Durante dezesseis dias, assisti às sessões da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, em 1975, quanto nossa capital era Niterói.
     Não consegui, sequer, aproximar-me do então Deputado Luiz Fernando Linhares! Eu tinha urgência urgentíssima...

     Penso que, se elegemos nossos representantes (Vereador, Prefeito, Deputado, Senador, Presidente da República), as manifestações devam ser realizadas exatamente nas proximidades dos locais onde os mesmos desempenham seus mandatos...
     Para que "ouçam" melhor!!!...




sexta-feira, 13 de setembro de 2013

DECÁLOGO DE ABRAHAM LINCOLN







· Você não pode criar prosperidade desalentando a iniciativa individual;

· Você não pode fortalecer o fraco debilitando o forte;

· Você não pode ajudar aos pequenos esmagando os grandes;

· Você não pode ajudar o pobre destruindo o rico;

· Você não pode elevar o assalariado pressionando a quem paga o salário;

· Você não pode resolver seus problemas enquanto gastar mais do que ganha;

· Você não pode promover a fraternidade da humanidade admitindo e incitando o ódio de classes;

· Você não pode garantir uma adequada segurança com dinheiro emprestado;

· Você não pode formar o caráter e o valor de um homem cortando-lhe sua independência (liberdade) e iniciativa;


· Você não pode ajudar aos homens realizando por eles permanentemente o que eles podem e devem fazer por si mesmos.