Google+ Followers

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Mário Quintana







Mário Quintana 


Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...

E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...

A vida é feita, tão somente, de momentos.
Só admitimos esta verdade quando o tempo já passou.
Aí, olhamos para trás e concluímos que não demos o devido valor àquele momento.
Uma pena que não podemos retroceder no tempo.
Passou... Agora, só resta a lembrança. O que ainda é muito significativo.
Ah! Se pudesse abraçar e segurar para sempre certos acontecimentos, no instante preciso em que sucederam, lá na minha infância!

Eu nunca poderia imaginar que aquele foi um momento de felicidade!

Um comentário:

Liliane Blog Sonhar e Ser disse...

Lindo, lindo, lindo!
Aproveitar o momento presente!
Linda lição pra hoje.
abraço com carinho.