Google+ Followers

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

VOCÊ ACEITA JESUS?

Esta é a clássica pergunta que um protestante faz ao católico despreparado.

De antemão, esclareço que meu intuito não é criticar a religião de ninguém.

Nem mesmo uso o termo “protestante” em sentido pejorativo. Ele é comum entre nós, católicos mais antigos, por fazer referência aos protestos de Martinho Lutero que resultaram na Reforma Protestante.

O que quero mesmo dizer é que nunca entendi muito bem o que deveria ser respondido à pergunta acima.

Como não perguntava a ninguém, ninguém me ensinava.

Este é um defeito com o qual convivi a minha vida toda. Hoje entendo que o meu problema era vergonha. Vergonha de pedir explicação para algum fato que me parecia óbvio a todos, exceto a mim. Isto retardou minha aprendizagem quanto a inúmeros assuntos considerados “simples”, porém extremamente importantes para se viver neste  mundo tão competitivo.

Na Renovação Carismática Católica é que fui entender mesmo.


E, ao entender, vejo que a pergunta “VOCÊ ACEITA JESUS” é formulada capciosamente.


Desde criança, aprendi a tratar Jesus com todo respeito: “Nosso Senhor Jesus Cristo”.

Mas a catequista esqueceu-se de explicar o porquê de “Nosso  e  Senhor”. Nem o padre. E olha que ele dispõe de espaço físico e igreja repleta de fiéis durante a missa. Poderia tê-lo feito durante o sermão ou criado um outro momento mais adequado, se o quisesse.
Evitaria a evasão de católicos para Igrejas que proliferam sob várias  denominações. Muitos vão por não conhecer melhor nossa religião.

O âmago da questão é o Senhorio de Jesus.

- Jesus morreu na Cruz.

- Morreu inocentemente e aceitou este tipo de morte, “mansamente, como um cordeiro”.

- Derramou, na Cruz, todo o Seu Preciosíssimo Sangue.

- O Seu Sangue foi o preço pago pela nossa salvação ou libertação.

- "O Sangue de Jesus tem Poder" e o inimigo detesta a proclamação desta verdade que encerra a sua derrota.

- A partir da morte de Jesus e do derramento do Seu Sangue, todo o direito que o inimigo tinha sobre nós foi cancelado.

-  Jesus ressuscitou gloriosamente.

Por estas razões é que Ele recebeu do Pai-Todo-Poderoso o SENHORIO sobre toda a obra criada.
Veja bem, sobre toda a criação: seres animados e inanimados (homens, animais, vegetais, vento, ar, chuva, gelo, neve, fogo, tudo).

Então, a pergunta que dá título a este texto deveria ser melhor formulada. Vejamos: 


-Você aceita Jesus como seu único e verdadeiro Senhor?

- Você aceita Jesus como o Rei dos Reis, o Senhor dos Senhores?


- Você aceita Jesus como o seu único Salvador?


Ou desta maneira, que é a mais simples e correta:


- VOCÊ ACEITA O “SENHORIO” DE JESUS?


Aí o católico responderia sem titubear e sem mudar de religião:

-Aceito.

2 comentários:

lucia disse...

Graça sa Deus que aprendemos a amar Deus Pai,Filho e Rspírito Santo,sabendo que está em nós,perto de nós e so se retira quando estamos cometendo pecado.Pois não teria lugar pra Jesus nosso Irmão ,nosso Senhor,nosso Libertador.O meu Senhor e Salvador Jesus.Aquele que não falha nunca.

sônia sobreira disse...

Meu Deus, meu Pai,

Eu aceito Jesus Cristo como único Senhor e Salvador de minha vida. Quero fazer parte do Teu plano para minha vida. Neste momento, meu Pai, recebo teu filho Jesus em meu coração para que seja quebrado em mim o velho homem, e que eu seja feito nova criatura. Eu renuncio a todas as minhas ações que foram feitas contra Tua vontade. Perdoa-me Senhor, pois quero ser renovado; quero fazer parte da Tua família, ser Teu filho amado. Quero andar contigo todos os dias da minha vida, viver a verdade que é a Tua Palavra, seguir Teus passos, regozijar em Ti, ver a Tua glória.

Quero que sejas o meu conforto nos meus momentos de insegurança, que sejas a minha alegria quando eu estiver triste, que sejas o meu escudo que me guarda dos inimigos, que sejas o meu socorro pois não temerei nenhum mal e nem a solidão.

Declaro que Tu estarás sempre comigo e serás meu melhor amigo. Jesus, Te amo, Te quero e desejo Tua presença.

Amém."